© 2019 Bartleby Toon

  • Black Facebook Icon
  • Black Instagram Icon
  • Black Twitter Icon
  • Black YouTube Icon

Pedro Lamares

Nasceu em 1979. Estudou teatro na Academia Contemporânea do Espectáculo.

No teatro trabalhou mais de uma dezena de autores em companhias como ‘Teatro do Bolhão’, ‘Ensemble’, ‘As Boas Raparigas...’ ‘Kale’, entre outras. No cinema desempenhou o papel de Fernando Pessoa em ‘O Filme do Desassossego’, de João Botelho e participou em filmes dos realizadores Jorge Paixão da Costa, Vítor Gonçalves, Joaquim Leitão e António Pedro Vasconcelos. Protagonizou curtas-metragens de José Miguel Moreira, Bruno Nacarato, David Bonneville, Diogo Sousa, entre outros. Na Televisão apresenta o programa ‘Literatura Aqui’ (RTP2) onde, com Filipa Leal, faz escolha e gravação de textos. Apresentou duas galas da Sociedade Portuguesa de Autores (RTP2), com Mafalda Arnauth. Integrou o elenco principal de oito novelas em Portugal (TVI) e uma no Brasil (BANDEIRANTES e RTP1). Participou em várias séries da RTP. Na Poesia dedica-se à escolha de textos e leitura. Trabalha em recitais e ciclos literários, tendo sido leitor regular nas ‘Quintas de Leitura’, ‘Poesia à Mesa’, Centro Cultural de Belém e Casa Fernando Pessoa, onde, com Eunice Muñoz, criou as leituras encenadas ‘Pessoa em Diálogo’. Participou em mais de uma dezena de festivais literários, nacionais e internacionais. Dirige espectáculos de teatro, música e poesia. Criou projectos que se mantém em itinerância como ‘O Fraseador’, ‘A Poesia é uma Arma Carregada de Futuro’, ‘Entre Nós e as Palavras’, ‘Ode Marítima’ (de Álvaro de Campos), ‘Jacarandá’ (com a Harpista Ana Isabel Dias), e ‘Coincidência’ (com o pianista Álvaro Teixeira Lopes). É professor em escolas de teatro e formador na área da comunicação. Dirigiu dois grupos juvenis de teatro. Criou a palestra itinerante ‘Desarrumar o Silêncio’, dirigida a professores (encomenda da Arial Editores). Gravou, com o actor João Grosso, o CD de apoio ao manual escolar da Raíz Editores. Fundou, com Maria Miguel Coelho e Joaquim Madaíl, a cooperativa ‘Casca de Noz’, onde é director artístico.